Coimbra é uma lição: projeto COInquire! - Take one -

NOTÍCIAS INQUIRE

Ana Cristina Tavares (actavar@bot.uc.pt) | 23/02/12 | Coimbra, Portugal

No dia 14 janeiro 2012 teve início no Jardim Botânico da Universidade de Coimbra a primeira aula do curso de formação de professores intitulada “Projeto INQUIRE - Formação em Biodiversidade e Sustentabilidade”.

É inspirador saber que, simultaneamente, decorre um curso idêntico na Europa, em 14 jardins botânicos, 17 parceiros e 11 países! Esta formação europeia de professores pretende promover a metodologia de ensino IBSE, sendo o enfoque principal a biodiversidade e as alterações climáticas, para a preparação escolar dos alunos dos 9 aos 14 anos.

No Jardim Botânico da Universidade de Coimbra está em curso esta oficina de formação, destinada a professores de ciências da natureza/ciências naturais e de geografia e a educadores de jardins botânicos, parques verdes e museus.

Este curso de formação de 60 horas (30 horas presenciais e 30 horas não presenciais) permite a progressão na carreira para os grupos de recrutamento 230, 520 e 420 e está acreditada com o n.º CCPFC/ACC-67438/11, conforme folheto de divulgação/inscrição no link da página Web do inquire http://www.inquirebotany.org/pt/ e do jardim www.uc.pt/jardimbotanico.

A primeira unidade de três aulas constou da apresentação do projeto, do curso e do método IBSE aplicado ao estudo das ciências. Doze sessões diferentes - palestras, filmes, percursos temáticos e interpretativos no jardim, trabalho de laboratório - ilustraram a aplicação da metodologia IBSE e o contributo de casos de estudo da biologia, da geologia e da geografia, numa análise científica atual da biodiversidade e do efeito das alterações climáticas.

Os 22 formandos, 16 professores e 6 educadores, realizaram ações práticas no jardim em que aplicaram o método IBSE no conhecimento do jardim e da sua biodiversidade. Gradualmente, os “alunos” integraram-se nos temas e no próprio estudo e conhecimento do jardim e suas múltiplas utilizações e recursos. Do reconhecimento da importância da biodiversidade, à explorarão e comparação da biodiversidade estes verdadeiros alunos-cientistas estudaram, por fim, a biodiversidade e o efeito das alterações climáticas, em áreas de amostragem da mata.

O programa descrito no manual de Coimbra e a aplicação da metodologia IBSE estão em desenvolvimento, a par e passo. Os três planos de aulas foram já cumpridos e estão ilustrados em três fotografias, três registos fantásticos:

“Vamos abraçar as árvores?”
     
“Exploradores no jardim botânico”
“Alunos cientistas do jardim-Ecomata”

De momento, decorre a construção dos projetos dos formandos, já escrutinados pelos formadores na segunda unidade prevista, que decorreu dia 11 de fevereiro. O melhor está para acontecer: a sua concretização com os alunos.

Até breve!

Expandir para ver commen | 1 Comentários

comentários

Nos espaços verdes do Porto há várias flores nesta altura do ano: Os rododendros, Rhododendron sp.exibem flores rosa fúscia, brancas e vermelho sangue. Os aloés e opuntias, ambos de ambientes desérticos têm flores alaranjadas. As japoneiras com flores na maioria rosa claro e escuro, branco. As magnólias têm cores fúscia e branco. O loureiro, Laurus nobilis tem pequenas inflorescências brancas. Estas são as flores do fim do Inverno e outras mais a acrescentar.

by a.pinheiro079 | 08/03/12 05:02:03

Quer comentar? Você precisa entrar ou se registrar nos INQUIRE

login_sign_in      login_join

Acessibilidade

              

apoiado por

  Share on Facebook