Coimbra - Jardim Botânico afectado pelo temporal

Mudanças Climáticas

Joaquim Santos, joaquimsantos@gmail.com | 21/01/13 | Coimbra

O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra foi severamente afectado pelo temporal do dia 19 de Janeiro, em que ventos superiores a 120km/h derrubaram dezenas de árvores pela raiz, , entre elas algumas das mais antigas e de maior porte do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra. Os danos ainda estão a ser contabilizados, mas há vários exemplares irrecuperáveis.

Entre os exemplares afectados encontra-se a Cunninghamia lanceolata, que foi plantada na época em que Avelar Brotero foi director do JBUC (início do século XIX) e era uma das três árvores mais antigas do JBUC.

Segundo Paulo Trincão, director do jardim, os efeitos do temporal "são piores do que aqueles que foram provocados pelo ciclone de 1941" (o desastre mais grave de que "há registo na história do Jardim", criado em 1772).

Os trabalhos de recuperação e limpeza foram já iniciados. No entanto o Jardim Botânico da Universidade de Coimbra permanecerá encerrado ao público até estarem reunidas todas as condições de segurança.

 

©Todas as imagens: Jardim Botânico da Universidade de Coimbra

Expandir para ver commen | 1 Comentários

comentários

Impressionante!! Com a morte destas árvores sinto que algo também me foi arrancado a mim mas, mais grave ainda, que a cidade de Coimbra perdeu alguns dos seus dendromunomentos mais antigos. Fica-nos a lição: esquece-mo-nos que quem dita verdadeiramente as leis é a natureza, que detém o poder de num minuto alterar o que o Homem cria durante 150 anos.

by paulorosa11 | 19/04/13 12:26:04

Quer comentar? Você precisa entrar ou se registrar nos INQUIRE

login_sign_in      login_join

Acessibilidade

              

apoiado por

  Share on Facebook