Jardim botânico do Museu Nacional de História Natural e da Ciência promove formação de professores no ensino ativo da biodiversidade

NOTÍCIAS INQUIRE

Gisela Gaio-Oliveira (goliveira@museus.ul.pt) | 25/02/12 | Lisboa

O jardim botânico do Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MNHNC) promove uma oficina de formação para professores sobre o ensino da conservação da biodiversidade, através da aprendizagem ativa no ensino das ciências (método IBSE – Inquiry Based Science Education).

 

A oficina de formação está a ser desenvolvida no âmbito do projeto europeu INQUIRE, que reúne 17 parceiros de 11 países europeus, incluindo Portugal. O projeto INQUIRE tem como principal objetivo fortalecer o método IBSE nos sistemas europeus de educação formal e não formal.

 

Os jardins botânicos aparecem como instituições nucleares no projeto INQUIRE, para a aprendizagem fora da sala de aula (LOtC – Learning Outside the Classroom) de temas relacionados com a biodiversidade e as alterações climáticas.

 

A oficina de formação, intitulada “Aprendizagem ativa: novas metodologias para o ensino da conservação da biodiversidade”, é acreditada pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua (CCPFC), e é dirigida preferencialmente aos professores de ciências da natureza e ciências naturais, dos 2º e 3º ciclos do ensino básico, respetivamente.

 

A primeira edição da oficina conta com a participação de 20 professores de escolas básicas dos concelhos de Lisboa, Amadora, Sintra, Almada, Alcobaça, Serpa, Portel, Moita, Ourém e Alenquer. As sessões presenciais da oficina de formação, a decorrer integralmente no jardim botânico do MNHNC, tiveram início no passado mês de janeiro e estarão concluídas no final do mês de abril.

 

“Há um grande entusiasmo por parte dos professores participantes, o que indica que esta oficina poderá ser promotora de uma nova estratégia de ensino”, refere Maria Amélia Martins-Loução, coordenadora portuguesa do projeto INQUIRE. “O interesse do projeto é esse mesmo: a partir de uma pequena semente trazer novos professores para esta área”, conclui.

 

Mais detalhes sobre a oficina de formação e o método de aprendizagem IBSE podem ser obtidos neste site.

comentários

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar através do formulário abaixo.
Quer comentar? Você precisa entrar ou se registrar nos INQUIRE

login_sign_in      login_join

Acessibilidade

              

apoiado por

  Share on Facebook