Nova espécie para a ciência homenageia professor português

Botânica | Biodiversidade

Por Gisela Gaio-Oliveira (goliveira@museus.ul.pt) Fotografias de César Garcia | 14/02/12 | Lisboa

Uma nova espécie de planta descoberta no arquipélago de São Tomé e Príncipe recebeu um nome científico que presta homenagem ao professor Jorge Paiva, da Universidade de Coimbra.

A nova espécie, Dendroceros paivae, pertencente a um género raro de antóceros (plantas semelhantes a musgos), tem o seu segundo nome inspirado no apelido do eminente botânico português, personalidade muito conhecida e acarinhada por toda a comunidade científica e educativa.

A espécie agora descoberta, a crescer sobre uma folha de jamboeiro

O investigador César Garcia, do Jardim Botânico do Museu Nacional de História Natural e da Ciência, da Universidade de Lisboa, é o responsável pela descoberta da espécie e pela etimologia do nome atribuído, seguindo as regras da nomenclatura botânica, em latim.

A homenagem feita ao professor Jorge Paiva deve-se, nas palavras de César Garcia, “à sua grande dedicação à conservação da natureza e às floras do continente europeu e africano, em particular de São Tomé e Príncipe, que estudou durante mais de 35 anos”.

A descoberta da nova espécie foi feita durante uma expedição científica à ilha de São Tomé no ano de 2008. O reconhecimento da espécie como sendo nova para a ciência só foi possível após o estudo dos exemplares recolhidos e a comparação com exemplares de herbários de toda a Europa.

Lagoa Amélia, em São Tomé, local visitado por botânicos portugueses e estrangeiros desde o séc. XIX.

São frequentes os casos em que a descoberta de uma nova espécie é aproveitada para homenagear figuras que deram um importante contributo para a ciência. Em 2006, César Garcia foi também responsável pela descoberta de uma espécie de musgo, Zygodon catarinoi, homenageando assim o professor Fernando Catarino, ilustre botânico da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Expandir para ver commen | 1 Comentários

comentários

There are also 35 endemic species of orchids on Sao Tome and Principe. I wonder if this plant may not serve as nesting material for the endemic giant sun bird?

by Tim Upham | 01/05/12 03:07:05

Quer comentar? Você precisa entrar ou se registrar nos INQUIRE

login_sign_in      login_join

Acessibilidade

              

apoiado por

  Share on Facebook